Chaves: roteiro de 1 dia

Situada no Norte de Portugal no distrito de Vila Real, a cidade foi elevada à categoria de Município e designada por Aquae Flaviae, no ano de 79 d.C.! Faz fronteira com Espanha, é repleta de história, foi palco de vários episódios bélicos, é conhecida também pelas suas águas termais de origem vulcânica, é fácil para se deslocar a pé e tem locais muito interessantes, incluindo o famoso marco do Km 0 da Nacional 2!!

Um dia de passeio, na minha opinião, é o suficiente para conhecer a cidade, que para além de se poder caminhar durante todo o percurso, alguns dos pontos a visitar, infelizmente, encontram-se encerrados… Deixo aqui um pequeno roteiro para conhecer Chaves, a cidade onde a presença humana remonta ao Paleolítico!!

Saí de casa em direcção a Vidago, para conhecer o grandioso Vidago Hotel Palace, mas por causa da pandemia o acesso ao exterior e seus jardins não é permitido… por isso segui na Nacional 2 até Chaves e estacionei nas Caldas de Chaves, que fica mesmo à beira rio e perto de tudo!

Caldas de Chaves e Buvette:

Buvette

Para além de ter estacionamento e wc públicos, são grátis! Está localizado na margem do Rio Tâmega com acesso a uma zona pedonal com jardins e outras surpresas, e é também onde está o “Buvette”, onde podemos experimentar as águas termais famosas pelos seus poderes terapêuticos!! Para além do Buvette, onde gratuitamente nos cedem um copo da “água milagrosa” a temperaturas decentes para ser bebida, tem a fonte pública onde a água sai a ferver, mas várias pessoas vão lá, com o seu copo ou garrafa e bebem!! Fui então experimentar a água e conhecer o Buvette e ao contrário do que li, a água não sabe mal e aproveitei, antes de vir embora, e enchi directamente da fonte, uma garrafa térmica para trazer! 😉

Castelo de Chaves:

Castelo de Chaves

A Torre de Menagem é basicamente o que resta do Castelo, uma construção do século IX, é o edifício mais alto da cidade e por isso é sem dúvida o melhor miradouro de Chaves, podendo apreciar uma vista panorâmica, num ângulo de 360º!! Em volta do castelo existe um jardim muito bem cuidado, limitado por muralhas e com algumas peças do museu da região.

A entrada para o Castelo, tem o custo simbólico de €1 e a cada patamar que vamos subindo podemos apreciar um pequeno museu militar com várias peças sobre a nossa História! Entrei no Castelo por volta das 14h30 e era a única pessoa lá dentro!

Torre de Menagem – Rooftop

Um castelo, um museu e um miradouro só para mim!! 🙂

Rua Direita:

Rua Direita

Mesmo à saída dos jardins do Castelo, temos a Rua Direita, no centro histórico da cidade, famosa pelas suas varandas! É sem dúvida uma rua bem pitoresca e colorida!

Letras de Chaves:

Letras de Chaves

Percorrendo pela Rua Direita até ao fim, fui em direcção ao Largo General Silveira, para tirar a típica foto nas Letras da cidade!

Arte Urbana:

Arte Urbana

Uns gostam, outros nem por isso… eu adoro ver esta arte espalhada pelas cidades!

Arte Urbana

E Chaves tem em alguns locais, esta arte que dá cor e alegria às suas ruas! E então depois da foto nas Letras, segui pela rua movimentada e encontrei alguns trabalhos dignos de admiração!!

Igreja Matriz de Santa Maria Maior:

Praça de Camões

Novamente, em direcção ao Castelo, entre ruelas e escadas fui ao encontro da Igreja Matriz de Santa Maria Maior… infelizmente estava fechada, mas pelo que pesquisei e pelas fotos que vi, tive pena de não conhecer esta grandiosa construção do século XII…

Nesta praça existe também: a Igreja da Misericórdia (fechada); o Museu da Região Flaviense; a estátua de Dom Afonso e a Câmara Municipal de Chaves!

Alameda Trajano:

Alameda Trajano

Deixando para trás a zona histórica e voltando ao local onde deixei o carro, fui caminhar pela Alameda Trajano, uma zona verde que acompanha o rio e que me levou aos próximos pontos a visitar!

Caminho Fluvial / Poldras:

Poldras

É simplesmente um caminho feito em pedras que permite atravessar o rio, ou então como eu, percorri algumas só para poder fotografar!! Até achei que as pedras são bem robustas, mas não me “apeteceu” muito atravessar o rio nelas….

Ponte de Trajano:

Ponte Trajano

Seguindo em frente na Alameda, preferi atravessar o rio neste símbolo flaviense… A ponte romana data do fim do século I e início do II, foi classificada como Monumento Nacional em 1910 e hoje em dia e desde 2008 que é uma ponte pedonal.

Km 0 Nacional 2:

Km 0 N2

Depois de atravessar a ponte e mais uns metros à frente, encontramos o já tão famoso marco do quilómetro 0 da tão conhecida Estrada Nacional 2 que liga Chaves ao Algarve numa extensão de 739,260 Km, atravessando assim, Portugal de norte a sul!

Pastel de Chaves:

Pastel de Chaves

É óbvio, que não poderia vir embora sem provar o delicioso Pastel de Chaves, e aproveitei antes de sair da zona histórica, uma pastelaria que encontrei no início da Rua Direita numa casa muito gira, a Pastelaria Maria, que para além do Pastel também tem como especialidade, o Folar de Chaves!

Para mais fotos, vídeos e dicas siga o meu Instagram e Facebook!

Até já!! 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.