SERRA DE SANTA JUSTA – um pequeno trilho com: dois baloiços; um trono romano; a Casinha do Padeiro e ar puro!

São vários os trilhos incluídos na rede dos percursos do Parque das Serra do Porto e este fica na Serra de Santa Justa de Valongo, tal como o Trilho da Aldeia de Couce que começa noutro ponto da cidade, no Centro de Trail Running de Valongo ! O trajecto percorrido é linear e são apenas 2 km (4 ida e volta), mas o terreno não é fácil, as subidas e descidas acentuadas da Santa Justa, exigem bastante de nós!! Mas vale cada passo que damos, a paisagem é imensa, tanto da serra como das cidades vizinhas! E para quem gosta de lugares abandonados, na estrada antes de começar a subida à serra em direcção à Capela, pode sempre ir visitar o Sanatório do Mont’Alto que fica mais à frente e para quem não conhece é uma “agradável” surpresa!

Capela de Santa Justa:

Capela de Santa Justa e Coreto

Localizada no topo da serra fica a Capela de Santa Justa datada de 1936 e aqui foi onde deixamos o carro! A zona envolvente é muito bonita e para além da Capela, na qual pudemos entrar, tem um café com esplanada e vistas privilegiadas, um coreto e claro, estacionamento!

Trono do Miradouro:

Trono do Miradouro

O percurso começa nas traseiras da Capela do lado esquerdo e a primeira paragem passados poucos minutos, cinco talvez, é no Trono do Miradouro! Com vistas amplas para as cidades do Porto; Maia; Gaia; Gondomar e ainda se consegue avistar o Douro!!

Mais à frente num pequeno largo aparecem três caminhos em diferentes direcções, seguimos pelo do meio e em breve começamos a ter uma paisagem mais ampla da serra! E quando vemos uma placa verde a indicar “descida acentuada”, é sinal que este é o caminho certo, mas em vez de descida, deviam ter usado o plural… 😀

A descida/subida e a placa verde…

A partir daqui não existem muitas sombras e é um trajecto que em dias de sol, pede muita hidratação e sem dúvida, calçado bem aderente ao piso, pois a inclinação do terreno é bem acentuada em alguns sítios!!

Baloiço “De Volta à Natureza”:

Baloiço “De Volta à Natureza”

O primeiro baloiço é avistado, não me sentei nele… porque achei uma bocado arriscado, mas fica bem enquadrado na paisagem!

Casinha do Padeiro:

Casinha do Padeiro

Mais à frente, a poucos metros, a Casinha do Padeiro! Muito engraçada, está um pouco danificada, penso que terá sido pelo vento… mas muito bem localizada e com umas cores muito giras! Parabéns à malta do BTT porque, ao que parece, foram eles que fizeram este trabalho e mesmo depois de vandalizarem e destruírem o baloiço e a casinha, eles voltaram a reconstruir! Da Casinha do Padeiro conseguimos avistar Couce e o Rio Ferreira!

Baloiço Santa Justa:

Baloiço Santa Justa

Na hora de regressar, para mim foi mais fácil subir que descer, pois o caminho já é conhecido e parece que o fazemos mais rápido, voltamos ao carro e logo que começamos a descer, a poucos metros da Capela (talvez uns 50 metros) do lado direito, outro baloiço, completamente deserto e que já deu para baloiçar sem medos porque é bastante seguro!

É um pequeno trilho, com paisagens fantásticas das cidades vizinhas e da serra, e são vários os percursos interligados num total de 30 km! Não pode faltar água e calçado adequado… de resto é passear ao ar livre, respirar ar puro e apreciar as paisagens e o silêncio da serra!!

E não se esqueça:

  • Na Natureza nada se tira, além de fotos!
  • Na Natureza nada se deixa, além de pegadas!
  • Na Natureza nada se leva, além de boas memórias!!

Para mais fotos, vídeos e dicas siga o meu Instagram e Facebook!

Até já! 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.