Bacalhôa Buddha Eden

O Bacalhôa Buddha Eden situa-se na Quinta dos Loridos, no Bombarral. Aqui encontramos o maior jardim oriental da Europa!! 🙂

O passeio foi em família e para além do Buddha Eden, visitamos Óbidos, Foz do Arelho, São Martinho do Porto, Nazaré, Válega e fomos dormir às Caldas da Rainha!!

Óbidos:

A viagem começou de manhã em direcção a Óbidos, cerca de 260 km, e com uma paragem pelo caminho, demoramos quase 3 horas a lá chegar. Estacionamos perto da Porta da Vila e o estacionamento é grande, gratuito e fica a poucos metros da entrada da vila!!

Óbidos, já conhecida por todos é sempre um prazer percorrer as suas ruelas envolvidas pelas suas extensas muralhas, uma caminhada que passou pela Igreja de Santa Maria e uma subida até ao Castelo e para quem quiser há sempre a possibilidade de subir ás Muralhas e percorrê-las, pois o acesso é livre!! O único ponto negativo é mesmo o excesso de comércio na rua principal, por isso nada como espreitar as ruelas secundárias para apreciar a beleza desta vila!!

Bacalhôa Buddha Eden:

Já a chegar à hora do almoço, paramos pouco antes do Jardim do Eden para repor energias e depois de almoçar fomos então conhecer a famosa Quinta dos Loridos com o maior jardim oriental da Europa!! 🙂

A entrada tem um custo de €5 e para quem quiser usufruir do pequeno comboio que dá a volta ao jardim e tem 3 paragens, acresce o valor de €4.

É essencial, para quem quiser apreciar bem o local, ter um mapa… e como tinha lido vários testemunhos de pessoas que lá chegaram e não havia mapas na hora da compra do bilhete, decidi ir ao site da quinta e imprimir um… e realmente quando lá chegamos, paguei os bilhetes e pedi mapas e a resposta foi que tinham esgotado… pelos vistos é frequente e por isso aconselho a imprimirem em casa para se poderem orientar, pois a quinta é muito grande e mesmo assim muitas coisas ficam por descobrir!! 😉

O Buddha Eden está muito bem cuidado e sempre em manutenção e a crescer!! Aqui vamos encontrar: budas, pagodes, estátuas de terracota, esculturas, lagos com peixes KOI, dragões, um jardim dedicado à Escultura Moderna e Contemporânea com obras de Joana Vasconcelos, Alexander Calder, Fernando Botero, Tony Cragg, Lynn Chadwick, Allen Jones, entre outros. As obras são regularmente substituídas proporcionando experiências novas a cada visita! 🙂 Existe também um jardim de Esculturas Africanas dedicado ao povo Shona do Zimbabué!!

Vale bem perder uma tarde ou uma manhã para conhecer todos os seus recantos, ou quem sabe, um dia inteiro!! Lá dentro tem uma zona de restauração e WC e até aos 12 anos a entrada é livre!

Dicas:

  • Recomendo sem dúvida, levarem muita água, sapatos para caminhar, protector solar e chapéu!! Pois se estiver um belo dia de sol, mais vale prevenir!!
  • Imprimir um mapa na página oficial!! O mais certo é estarem esgotados no local…
  • Espreitar o meu Instagram, tenho postado várias fotos de algumas obras e das paisagens deste local super interessante!!
  • Ir em passeio, saborear o local e tirar muitas fotos para mais tarde recordar!! 🙂

Para mais fotos, vídeos e muitas dicas siga o meu Facebook e Instagram!

Lagoa de Óbidos e Foz do Arelho:

Já ao fim da tarde, e antes de fazermos o check-in no hotel, na Caldas da Rainha, fomos até à Praia da Foz do Arelho, apreciar exactamente o sítio onde a Lagoa de Óbidos e a praia se unem!!Depois de um pequeno lanche à beira mar, fomos até às Caldas da Rainha, estacionamos no parque da Estação de comboio das Caldas e o hotel ficava a poucos metros dali! Escolhi as Caldas da Rainha para pernoitar porque os preços nesta altura do ano à beira mar, não são os mais convidativos e como as Caldas ficavam no caminho, valeu a paragem basicamente para jantar e dormir!! 😉

São Martinho do Porto:

A primeira paragem do dia, depois de fazermos o check-out no hotel, foi num miradouro fantástico, um pouco escondido e desconhecido, mas que oferece uma vista deslumbrante da praia em forma de concha!! O Miradouro de Salir do Porto, a poucos minutos de carro da Praia de São Martinho do Porto!! É só meter no Google.Maps, Miradouro Salir do Porto e seguir até lá!! 😉 Super calmo, sem turismo, e com as melhores vistas num dia de sol!! Tem várias placas de indicação, mas se tiverem dúvidas, perguntem aos locais, são super simpáticos!! Depois é só estacionar o carro, subirem algumas escadas de um pequeno passadiço e apreciarem a paisagem!! 🙂

Depois do Miradouro, descemos as ruas e ruelas e fomos até à Praia de São Martinho do Porto, um lugar lindo com muito comércio, uma rua cheia de gente e uma praia maravilhosa!! 😉

Nazaré:

Nazaré, fica a poucos km de São Marinho do Porto e então foi ponto de paragem para almoçar e visitar o Santuário de Nossa Senhora da Nazaré, o Miradouro do Suberco, o elevador que nos leva a Nazaré de Baixo e as suas ruas bem animadas!!

O Miradouro do Suberco é simplesmente de tirar o fôlego com a imensidão da paisagem que podemos apreciar!!

Válega:

Já de regresso a casa e apesar de já ter conhecido esta igreja, a Igreja Matriz de Santa Maria de Válega, decidi passar por lá novamente porque das outras vezes estava em obras e com andaimes na frente que tapavam parcialmente a fachada… mas à terceira é de vez e finalmente consegui fotografá-la na sua plenitude!! 🙂 Lembro que a melhor altura para visitar esta igreja é no fim da tarde por causa da posição do sol, para melhores fotografias!! E claro que o seu interior merece igualmente uma visita!! 😉

Dicas:

  • Para quem não usa dados móveis, a aplicação da Google.Maps tem uma opção que se chama, mapas offline, e é muito fácil de usar!! Só temos que carregar o mapa da zona pretendida (online, claro!!) e depois funciona offline, é só abrir a aplicação, escrever o destino pretendido, meter os auriculares nos ouvidos e fazer uma viagem tranquila, sem desvios ou enganos!! Infelizmente não funciona para percursos a pé, dá só mesmo indicações para viagens de carro…
  • Na Nazaré, para além do Miradouro do Suberco tem uma estrada secundária, a Estrada do Farol, que nos leva ao famoso sítio, das famosas ondas gigantes no Canhão da Nazaré!! 😉
  • Para quem é do Norte, aconselho também a levarem o carro cheio para partilharem despesas!! Fica sempre mais barato 🙂

Mais uma vez um passeio em família pelo nosso Portugal que é cheio de surpresas, onde o sol quase sempre brilha e oferece locais fantásticos para conhecer e maravilhar!! 🙂

Até já!! 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.