Amendoeiras

Amendoeiras em flor por terras de Trás-os-Montes!! 

Principalmente quem é do Norte sempre ouviu falar das amendoeiras em flor em Trás os Montes e desde miúda que me lembro por esta altura do ano, das excursões para visitar este fenómeno da natureza que nos brinda com campos de árvores brancas e rosas a anunciar a Primavera!!

A amêndoa é um fruto de grande importância na zona transmontana, e é tradição nesta altura do ano encontrar inúmeras feiras com os produtos da terra, artesanato e vive-se um ambiente de festa!

Reza a lenda que muito antes de Portugal ser um reino e ainda pertencer aos Mouros, o Rei Ibn-Almundim, por terras algarvias, jovem e apaixonado pela sua princesa do Norte, para alegrar os seus dias saudosos das terras frias nortenhas cobertas de neve, mandou plantar amendoeiras para que a sua amada se pudesse deslumbrar com um manto de branco e rosa a cobrir as terras e em vez do frio, a princesa teria ao acordar o aroma das flores que iriam amenizar a saudade da sua terra natal e assim viver mais feliz!! 🙂

As amendoeiras florescem mais ou menos de meados de Fevereiro até meio de Março!! E apesar do Inverno ter sido um pouco seco e não ser um dos melhores anos para a amêndoa (isto dito por muito boa gente transmontana!!), decidi fazer um passeio de carro em busca deste fenómeno e relembrar a infância!! 🙂

Sem mapas, apenas referências e o conhecimento geográfico do meu Pai que passeou imenso com a sua amada, minha Mãe, durante dezenas de anos por terras portuguesas, principalmente centro e norte do país e conhece todos os caminhos deixando as autoestradas e vias rápidas de lado e seguir por estradas nacionais que estão em boas condições e bastante desertas!!

Roteiro: Paredes (Porto) – Amarante – Régua – Pinhão – S. João da Pesqueira – Vila Nova de Foz Côa – Pocinho – Torre de Moncorvo – Vila Flor – Mirandela – Paredes (Porto) 370 km

Saímos de casa por volta das 8h00 e fomos em direcção a Amarante, passámos pelo centro histórico incluindo a sua linda Igreja de São Gonçalo e continuamos o trajecto para a Régua!! Na Régua fizemos a primeira paragem, junto ao cais, para tomar um cafézinho e apreciar o nosso Rio Douro, que foi nosso companheiro durante grande parte deste passeio!!

Da Régua seguimos em direcção a São João de Pesqueira passando pelo Pinhão e sem a euforia do turismo dos barcos pelo Douro, tudo se torna tranquilo com uma paisagem nostálgica!! Felizmente e apesar de ser Inverno o sol apareceu, o céu brilhou e a temperatura rondava os 16º!! 🙂 Paramos em São João da Pesqueira por uns minutos e aqui encontramos a primeira feira com os produtos típicos, desde o azeite, as doçarias, os enchidos, o presunto, os frutos secos e muito mais !!

A próxima paragem foi Vila Nova de Foz Côa, com paragem algures numa estrada sinuosa, quase deserta a apreciar os primeiros campos de amendoeiras em flor e aproveitar para comer qualquer coisa para seguir viagem até ao Pocinho!!

A tranquilidade destes sítios é muito grande, a natureza é tão intensa que nos faz recuar no tempo, e em que nada se compara com a agitação das cidades, onde tudo se vive a correr e o ar torna-se pesado e tudo se torna tão pequeno…

Do Pocinho, a próxima paragem foi Torre de Moncorvo, uma vila que me é bastante familiar, está no meu coração e que tem tudo de bom!! Começando pelos habitantes, gente tão boa, generosa e acolhedora, que nos recebem sempre com um sorriso e infinita bondade!! Uma pequena vila, muito bem cuidada e com recantos muito charmosos, a sua imponente Igreja Matriz, começou a ser construída no século XVI e a obra demorou cerca de um século a finalizar, é dedicada a Nossa Senhora da Assunção e vale sem qualquer dúvida uma visita e claro vale sempre a pena passear pelas ruas e ruelas de Moncorvo!! Foi por aqui que almoçamos e o prato típico desta zona, é a Posta ( um “naco” bem servido de carne suculenta, geralmente acompanhado de legumes e batata frita!!), mas muito sinceramente, aqui nestas terras qualquer comida é boa e cheia de sabor, muito tradicional e em doses generosas, e o vinho da casa é sempre uma boa aposta!! 😉

Com um almoço tardio, a meio da tarde decidimos seguir viagem!! Para vir embora, o caminho foi mais rápido!! Entre autoestrada e incluindo o Túnel do Marão, a única paragem no regresso foi em Mirandela (passando por Vila Flor), para mais um passeio acompanhado de uma feirinha de artesanato e um palco à beira rio com música ao vivo!!

É sem duvida um passeio que nos faz voltar ao tempo de infância, e que de verão também vale muito a pena e a paragem maior pode ser mesmo em Torre de Moncorvo com a sua Piscina Municipal ao ar livre, que é uma delicia e em noites de verão o céu é especial em zonas com menos luz,  onde milhares de estrelas brilham e o céu fica perfeito!! 🙂

Para mais dicas, fotos e vídeos siga-me no Facebook e Instagram!

Até já!! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.