Braga: roteiro de 1 dia

Passeio pela cidade de Braga!

Situada no Norte de Portugal, é a cidade mais antiga do país! Fundada pelos romanos no ano 16 a.C., “Bracara Augusta” em homenagem ao imperador César Augusto, é uma excelente escolha para um belo passeio, com muito para ver e conhecer!

Apenas estive por lá algumas horas e deixo aqui um pequeno roteiro dos locais a visitar incluindo alguns que não fui, por falta tempo, mas que merecem uma visita pois são imperdíveis…

Arco da Porta Nova:

Arco da Porta Nova

Já a chegar a hora de almoço, o passeio começou pelo centro da cidade, onde em pequenas caminhadas somos abraçados por uma imensa riqueza cultural e histórica!

O Arco da Porta Nova, é onde deve começar a visita, é a porta de entrada da cidade, que outrora em 1512, por iniciativa do Arcebispo D. Diogo de Sousa, mandou “romper” a muralha da cidade para que houvesse uma porta de entrada em que os “vizinhos” pudessem entrar sempre que quisessem pois as portas estariam abertas!!

A velha expressão popular: “Deves ser de Braga”, que é quando entramos nalgum sítio e deixamos a porta aberta… pelos vistos, vem do Arco da Porta Nova, porque realmente, a porta nunca existiu e por isso não podia nunca ser fechada!!

Sé de Braga:

A Sé Episcopal foi restaurada inicialmente no ano de 1070 pelo Bispo D. Pedro de Braga, porém e segundo a história, as suas fundações assentam num templo romano dedicado a Ísis. É considerado um dos mais importantes templos românicos do país e aqui se encontram os túmulos de Henrique de Borgonha, conde de Portucale e sua esposa, Teresa de Leão, os pais de D. Afonso Henriques!

As Letras de Braga:

Largo Carlos de Amarante

Sendo o meu apelido Braga, tinha que ir até esta praça tirar uma foto! E foi sem querer que a encontrei, pois andava à procura do Jardim de Santa Bárbara e ao longe avistei as letras e lá fui! No Largo Carlos de Amarante, não só encontramos as Letras, mas também um belo jardim com um chafariz ao centro, a Igreja de Santa Cruz e a Igreja de São Marcos!

Dica: Jardim de Santa Bárbara

  • E por causa deste desvio, não fui ao destino que queria… o Jardim de Santa Bárbara, o qual aconselho, pelas fotografias que vi, a sua história e localização!!

Santuário do Sameiro:

Sameiro

E porque o tempo não era muito, estava na hora de deixar o centro da cidade e seguir em direcção ao Santuário do Sameiro, também conhecido por Santuário da Imaculada Conceição do Monte do Sameiro!

Conta a história, que tudo começou a 14 de Junho de 1863, quando foi colocada a primeira pedra para dar início à construção do Santuário, e em 1869 o seu fundador, o Padre Martinho António Pereira da Silva, colocou no cume da montanha uma imagem de Nossa Senhora da Conceição! Entre as paisagens sobre a cidade, o santuário e os seus jardins, vale muito a visita com tempo pois o espaço é enorme! E como foi no início da terceira fase do desconfinamento e a meio da semana, apenas estavam mais dois casais a passear por lá…

Dica: “Miradouro do Picoto”

  • No percurso desde o cento da cidade até ao Sameiro, aconselho uma paragem pelo Miradouro do Picoto!

Santuário do Bom Jesus do Monte:

Bom Jesus do Monte

Mais uma pequena deslocação de carro e sempre com muita sinalização a indicar os locais, o nosso destino final foi o Bom Jesus! Chegamos e para entrar com o carro, paguei €1 e como haviam pouquíssimas pessoas por lá, o estacionamento foi super fácil e ao lado do Santuário!

O espaço é gigante e um dia inteiro pelo Bom Jesus, para quem não conhece, é o ideal. Eu já lá estive várias vezes e conheço os espaços que fazem parte deste conjunto arquitectónico-paisagístico que incluí: o santuário, o escadório, um funicular, uma área de mata com jardim e lago, um castelo e imensos recantos para descobrir!

Eu estive ao pé do Santuário e do Escadório, porque o objectivo era fazer algo que ainda não tinha experimentado… descer as centenas de escadas que nos levam até ao sopé do Funicular que faz um percurso paralelo ao Escadório…

Dica: “Estrada Mágica”

  • Ao sair do Santuário, tal como entrei por uma barreira, na qual paguei €1, para sair basta seguir as indicações “Saída” e ao aproximar da barreira, esta levanta automaticamente para a viatura passar, e logo aí temos uma descida num pequeno caminho em paralelos, conhecida pela “Estrada Mágica”!! Já tinha ouvido falar neste fenómeno e assistido a vídeos… e então tive que confirmar se era real e qual a sensação de algo tão fantástico!! Como não vinha ninguém atrás de mim, fiz o teste, ou seja, a meio da descida parei o carro, pus em “ponto morto”, tirei o pé do travão, e no mesmo instante o carro começou lentamente a subir sozinho… Magia!?! Não sei…dizem que é ilusão óptica… só sei que me ri bastante e gostei da experiência!!

Escadórios do Bom Jesus:

Escadórios e Funicular do Bom Jesus

Entre capelas a representar a Via Sacra do Bom Jesus, fontes ornamentadas e esculturas que representam personagens bíblicas, os degraus são mais que muitos… e para chegar até ao sopé do elevador, para depois voltar a subir até ao santuário exige um bocado de esforço e trabalho cardio e nem sequer quero imaginar fazer a descida e subida a pé!! Porque as escadas não são apenas o que vemos nas fotos… são bem mais!!

Os Escadórios do Bom Jesus estão divididos em 3:

  • Escadório do Pórtico
  • Escadório dos Cinco Sentidos: Visão; Audição; Olfacto; Paladar e Tacto
  • Escadório das Três Virtudes: Fé; Esperança e Caridade

Fui descendo e apreciando cada detalhe, incluindo toda a natureza que nos rodeia e depois é evidente que subi pelo funicular porque para mim seria impensável subir pelas escadas… são feitas duas viagens por hora (horário de Inverno), aos 25 e aos 55 minutos de cada hora. O bilhete de ida/ volta tem um custo de €2,50 e se for só ida é €1,50!

Dica:

  • Aconselho a descer pelas escadas e a subir pelo Funicular, porque ao contrário parece bastante desgastante, de tirar o fôlego!!

E assim se passaram uma belas horas por mais uma cidade deste nosso magnífico Portugal!! Sempre com segurança e muitos cuidados em relação a esta fase difícil que o mundo atravessa e que parece privar-nos da nossa liberdade, mas em breve havemos de ultrapassar e vencer esta “batalha” e voltar à nossa vida com mais tranquilidade e mais vontade de passear!!

Siga o meu Instagram e Facebook!

Até já!! 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.