Montmartre Paris: roteiro de 1 dia

Montmartre e os seus recantos!!

O dia foi dedicado a Montmartre, considerado o bairro mais boêmio de Paris, pela sua agitada vida nocturna e cabarés!! O bairro era ponto de encontro de artistas e intelectuais famosos da época! Nomes bem conhecidos como: Van Gogh; Renoir; Monet; Degas; Toulousse-Lautrec; Dalí; Picasso entre outros!!

Monte Martre, no 18º Arrondissement, é uma colina e diz-se que, já no tempo dos gauleses era um local de culto e que o seu nome se deve aos inúmeros mártires cristãos que ali foram torturados e mortos por volta do ano 250…

O passeio começou logo pela manhã, com mais uma caminhada até à Place des Abbesses!! Para os mais cansados, nada como ir de Metro até à bem conhecida Estação Abbesses!!

Le Mur des Je T’ Aime:

“O Muro Eu Amo-te”, um mural dedicado ao amor, situado num jardim romântico, na Place des Abbesses, foi desenhado por Frédéric Baron e Claire Kito. Todas as línguas dos 192 estados membros pertencentes às Nações Unidas são reproduzidas, num total de 311 declarações de amor!! A palavra “Amo-te”, está a meio, bem na extremidade direita do mural!!

Igreja de Saint Jean de Montmartre:

Apesar de não fazer parte do roteiro, mas pela sua aparência exterior e mesmo à beira do “Le Mur des Je T’Aime”, decidimos entrar e visitar!! E foi mais uma bela surpresa!! Construída de 1894 a 1904, a estrutura de tijolo vermelho e cerâmica exibem feições de Art Nouveau! Os vitrais e o órgão são duas das belezas que esta igreja possui!! E como não é um ponto turístico, o silêncio e a tranquilidade imperam!!

Picasso Premier Atelier:

Situado na Rue Gabrielle nº49, aqui fica o primeiro apartamento onde Picasso viveu e trabalhou quando foi pela primeira vez para Paris com o seu amigo Casagemas, para a Exposição Mundial em 1900 com 19 anos. Aqui pintou “Moulin de la Galette”. Em 1901, Casagemas suicidou-se, mergulhando Picasso numa depressão e este deixou o nº49 da Rue Gabrielle e entrou no seu período azul (1901-1904) pintando e vivendo entre Paris e Barcelona!

Le Consulat:

Depois de uma boa caminhada, e sempre a subir, porque afinal vamos até ao ponto mais alto de Paris, nada como uma paragem para um cafézinho e muitas fotografias!!

Le Consulat, é um café/restaurante localizado na Rue Norvins, rua muito associada a Vincent Van Gohg!! Aqui se começa a sentir a verdadeira essência de Montmartre, ruas e ruelas cheias de charme, gente e algum comércio!! O restaurante aberto há décadas manteve o seu carácter, apesar de todas as mudanças em sua volta, e este foi mais um ponto de encontro de artistas famosos, escritores e pintores, que por aqui se encontraram no século XIX, como: Van Gogh; Picasso; Sisley; Toulousse-Lautrec e Monet!!

Apesar de ter algumas pessoas no exterior a fotografar, o restaurante foi só para nós!! E tomámos um belo café na esplanada por €2,70, mas que valeu o dinheiro, e também conhecemos o espaço por dentro!! Simples e lindo!!

Dalí Space:

A poucos metros do Le Consulat, fica o museu, ou melhor, a galeria de Salvador Dalí. O espaço é uma exposição permanente dedicada ao artista e de um lado podemos entrar gratuitamente e apreciar algumas obras e no outro lado para fazer a visita paga-se. Uns dizem que vale a pena a visita, outros dizem que não… e eu nada posso dizer porque apenas visitei a galeria gratuita, apesar de gostar muito do trabalho de Dalí!

Escadaria de Montmartre:

A escadaria de Montmartre, é muito conhecida pelos seus 197 degraus para chegar até à Basílica!! Existe também a opção do funicular que custa uma senha de Metro, o Promotrain que é um “pequeno comboio” que inicia a sua viagem em frente ao Moulin Rouge (a minha opção do ano passado), ou então como nós fizemos, caminhar pelas ruas e ruelas descobrindo os encantos deste bairro!!

Place du Tertre:

O coração de Montmartre fica nesta praça, onde se respira arte e onde a concentração de pessoas, vendedores de rua, artistas a pintarem as suas telas, restaurantes, bares e lojas de souvenirs é maior!! Nas redondezas ficava o Bateau Lavoir, um edifício que ficou famoso na história da arte pois foi residência, atelier e tornou-se um clube não oficial no início do século XX de artistas, escritores, actores e negociantes de arte de destaque !! É evidente que aqui existem sempre alguns “truques e esquemas” que certos artistas usam para vender a sua arte, por isso muita atenção!!

Galerie Montmartre:

A Galeria Montmartre fica mesmo na Praça de Tertre, é pequena, mas como é gratuita vale a pena entrar!! E entre as obras permanentes expostas, nomes como Picasso e Dalí, entre muitos outros estão presentes!! Um passeio artístico que explora as variadas técnicas: pintura, escultura, litografia e trabalho em vidro!! É proibido fotografar no interior da galeria.

Basilique du Sacré Coeur:

A Basílica do Sagrado Coração, um templo da Igreja Católica concluído em 1914, está no ponto mais alto de Paris. É um edifício de grande beleza, tanto no exterior como no seu interior! Na frente e em ponto bem grande, está adornada com duas estátuas: Joana d’Arc e o rei Luís IX. Está aberta diariamente das 6h00 às 22h30 e a entrada é gratuita. Pode sempre deixar a sua marca, assinando um livro para os visitantes que existe dentro da basílica e deixar uma dedicatória!! A visita à Cúpula é feita do lado de fora da basílica, no lado esquerdo. São 300 degraus e a visita é paga.

Carrousel Saint Pierre:

Este é mais um dos inúmeros carrosséis que vai ver espalhados por Paris, basta descer a escadaria em frente da Basílica do Sacré Coeur e fica numa pequena praça. Este carrossel é famoso porque aqui foram filmadas cenas do filme Amélie! E é mais um sítio onde consegue fotografias fantásticas, fotografando o carrossel e como pano de fundo, a Basílica!!

Van Gogh Appartement:

Apesar de ter nascido e vivido maior parte da sua vida na Holanda, em 1886 Vincent Van Gogh mudou-se para França e aqui terminou os seus dias ao 37 anos. E foi no 3º andar do Nº54 na Rue Lepic que o artista partilhou com o seu irmão Theo este apartamento de 1886 a 1888. E por curiosidade, nesta rua no Nº50 viveu Edgar Degas!!

Cafe des 2 Moulins:

Este é mais um lugar em Montmartre que merece uma visita, este café ficou famoso após as filmagens do filme “Amelie Poulin” de Jean Pierre Jeunet! É obvio que pagámos €2,70 por cada café, mas mais uma vez valeu cada cêntimo!! A decoração é bonita, o staff muito simpático e aconselho a ida ao Wc, pois pelo caminho encontram-se mais decorações ligadas ao filme!!

Outra dica muito boa, para quem quiser “forrar” a barriga, é fazer uma visita à Boulangerie Alexine, que fica no caminho, entre o apartamento de Van Gogh e o Cafe des 2 Moulins! Entre outras coisas, tem baguetes deliciosas e por um preço bem em conta, entre outros snacks e doces!!

Moulin Rouge:

Na viagem que fiz no ano passado, passei várias vezes pelo Moulin Rouge, de noite e de dia!! E nunca cansa!! Em volta existem outros cabarés e sex shops, tal como restaurantes e bares e o ambiente é cheio de vida e muita energia!!

O cabaré mais famoso do mundo abre as suas portas em 1889, em Montmartre!! Com o seu famoso Moinho Vermelho no topo do prédio, é um símbolo emblemático da noite parisiense e actualmente continua a oferecer uma grande variedade de espetáculos para todos os que querem evocar o ambiente boêmio da Belle Époque. Grandes nomes passaram pelos seus palcos: a rainha do Cancan, La Goulue; Colette; Jane April; Edith Piaf e muitos mais!!

Arte Urbana

E para quem aprecia arte urbana, por todo o bairro vai sempre encontrar nas sua paredes pequenas surpresas!!

E assim se passam várias horas, num dos mais belos bairros de Paris, no entanto há muito mais para ver e descobrir!! Montmartre é uma caixinha de surpresas muito boas, e é uma delícia passear pelo 18º Arrondissement!! 🙂

Pode encontrar aqui o roteiro desta minha viagem a Paris!

O roteiro da minha primeira viagem a Paris com outros lugares e dicas para poupar na Cidade das Luzes!

E mais uma vez Paris encantou e sem dúvida que fica nos planos, um novo regresso à Cidade das Luzes!! É verdade que é uma cidade um pouco suja, com muitos emigrantes ilegais, a pedir e a dormir nas ruas, às vezes um pouco insegura, mas sem dúvida viciante, e sim eu quero voltar mais vezes!! 😉

Siga-me no Instagram e Facebook!

Até já!! 😉

3 pensamentos sobre “Montmartre Paris: roteiro de 1 dia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.